Olhando nem parece, afinal no traço Cascão e Chico Bento são crianças, mas os dois conhecidos personagens de Maurício de Sousa acabam de completar meio século.

Mas de maneira discreta: diferentemente do que aconteceu com os 50 anos de Bidu (criado em 1959), Cebolinha (1960) e do cinqüentenário de carreira do próprio Maurício, que geraram livros especiais de homenagem lançados pela Panini e Maurício de Sousa Produções, Cascão e Chico se tornaram cinqüentões sem alarde. Por enquanto, não há confirmação de nenhuma edição especial para comemorar o evento.

“Na verdade, íamos (lançar edições especiais), mas pode ser que não role porque estamos com excesso de títulos”, diz Sidney Gusman, expert em quadrinhos e responsável pelo planejamentoeditorial da MSP. Se serve de alento aos fãs, Gusman oficialmente também não revelava nada de especial planejado para o cinqüentenário de Bidu, no entanto o caprichado especial de capa dura e 150 páginas surpreendeu os leitores em 2009 do mesmo jeito.

Com data de nascimento registrada em 1961, Cascão e Chico surgiram em tiras diferentes, ambos como secundários, e com o tempo foram mudando em traço e ganhando relevância até se tornarem parte do quinteto de ouro de Maurício: os cinco personagens que têm título mensal fixo (além dos dois, Mônica, Cebolinha e Magali).

Créditos: Rac.com.br

Visite: Galeria de Fotos

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s